Aminoglicosídeos

Os aminoglicosídeos são fármacos bactericidas amplamente utilizados contra bactérias gram-negativas,em suspeita de sepse, bacteremia ou endocardite. São obtidos de várias espécies de Streptomyces.Entre os representantes desse grupo destacam-se a neomicina, gentamicina, tobramicina, amicacina,estreptomicina.

::Qual seu mecanismo de ação?
Após penetrar na célula, o medicamento liga-se à subunidade 30S do ribossomo bacteriano e interfereno complexo de iniciação da formação de peptídeo. Induzem a uma leitura equivocada do código-moldede RNA mensageiro, ocasionando a incorporação de um aminoácido incorreto no peptídeo e causandoa ruptura de polissomas em monossomas não funcionais.

::Quais os efeitos indesejados?
Apresentam potencial ototóxico e nefrotóxico e podem acumular-se em pacientes com comprometimento renal. Nesse caso, deve ser feito ajuste posológico.
::Quais as interações possíveis de ocorrer com os aminoglicosídeos?
cefalosporinas: o uso concomitante pode potencializar os efeitos nefrotóxicos através de efeito tóxicoaditivo. A administração deve ser feita com precaução.
amicacina: pode potencializar os efeitos ototóxicos e nefrotóxicos, não devem ser administrados concomitantemente.
anticoagulantes orais: risco de hemorragia por inibição da metabolização dos anticoagulantes. O paciente deve ser monitorado e, se necessário, o médico deve reajustar a dose do anticoagulante oral.
antieméticos: podem mascarar os feitos ototóxicos dos aminoglicosídeos.
diclofenaco: possibilidade de aumento do efeito nefrotóxico, deve ser administrado com precaução.
::Oral e tópico
Entre os aminoglicosídeos de uso tópico destaca-se a neomicina e entre os de uso oral a gentamicina,tobramicina, amicacina, estreptomicina, entre outros.

Acesse o blog http://books.jar.io para baixar ebooks free em diversos formatos.
Acesse http://torrents.jar.io para acessar diversos materiais disponíveis em torrents (magnetliks).
O blog http://ervas.jar.io publica sobre diversas metodologias de cultivos e propriedades das ervas.