Serratia

O género Serratia pertence à família Enterobactereaceae e contém 13 espécies descritas, sendo de referir a Serratia marcescens, Serratia liquifaciens, Serratia rubidaeum, Serratia ficaria, Serratia fonticola. Distribuído amplamente na natureza, este género de microrganismos, são encontrados no solo, água, plantas e, como indica o nome da família, no trato intestinal de seres humanos e animais.

A espécie de maior preocupação é a S. marcescens, um patogénico humano responsável por uma grande percentagem de infecções hospitalares envolvendo o tracto respiratório e urinário, a fibrose cística, e queimaduras.

Este género de bactérias produz enzimas como Lipase, Gelatinase e Dnase que são importantes factores de sua patogenicidade. Actualmente a Serratia é uma bactéria emergente, apresenta resistência a antibióticos (colistina e cefalotina) e é responsável por infecções hospitalares graves.

Serratia, como outras Enterobacteriaceas, cresce bem em meios comuns sob condições anaeróbicas e aeróbias. Todas a suas espécies têm óptimo crescimento a pH 9 e a temperaturas entre 20-37º C, enquanto que, a pH inferior a 4,5 ou uma temperatura superior a 45º C o crescimento é inibido. Algumas espécies podem crescer bem em pH 5, enquanto outros, neste mesmo pH necessitam de períodos de incubação mais longo para apresentar crescimento.

As colónias de Serratia são conhecidas pela sua pigmentação vermelha. No entanto, essa pigmentação está presente apenas numa pequena percentagem de culturas isoladas. A produção do pigmento é altamente variável entre espécies e depende de muitos factores, como a espécie tempo e tipo de incubação.

Serratia liquefaciens

Serratia liquefaciens é um patogénico oportunista que é capaz de colonizar uma grande variedade de superfícies de água, o solo, o trato digestivo dos roedores, plantas, insectos, peixes e humanos. Como a maioria das espécies Serratia, S. liquefaciens segrega um amplo espectro de enzimas hidrolíticas para o meio circundante. S. liquefaciens são geralmente móveis, por meio de flagelos peritricoso (flagelos uniformemente distribuídos sobre o corpo). 

Bioquimicamen
te a Serratia liquefaciens é um bacilo:  

Gram negativo

H2S negativo Indol negativo

Urease negativa

Lisina pisitiva Fenilalanina negativa

Manitol negativa

Citrato positivo

VP positivo

Galactosidase positiva Lisina positiva Nitrato positivo Oxidase negativa

Simomon’s positivo

Lactose negativa

Sacarose positiva

Maltose positiva

Xylose positiva

Utiliza o malolato

Lipase positiva

Dnase positiva

Gelatinase positiva

Lecitinase

Quitinase

Estrerase